LA TRAVIATA

SEXTA-FEIRA, 4 NOVEMBRO, 2022 | 21H30

AUDITÓRIO

CE: M/6

DURAÇÃO: APROX 2H30 (C/ INTERVALO)

PREÇÁRIO:
20€ (c/descontos)

ADQUIRIR BILHETES







LA TRAVIATA

SINOPSE

Violetta, uma distinta cortesã parisiense, apaixona-se por Alfredo Germont, com quem vai viver para uma vila perto de Paris. O pai de Alfredo tenta fazer com que o seu filho regresse a uma vida convencional e, convencido de que o amor é mais forte do que a sua autoridade, humilha-se e vai implorar à amada do seu filho que ponha fim à relação, que, segundo ele, prejudica muitíssimo Alfredo. Violetta convence o ancião da sinceridade do seu amor, mas, sacrificando-o pelo bem do seu amado, vai-se embora de casa, deixando a Alfredo uma carta frívola e cruel. Este, ferido pela desilusão e picado pelo ciúme, ofende Violetta publicamente, e é então que o seu pai lhe explica o que aconteceu, comentando a grandeza do amor de Violetta. Alfredo vai ter com Violetta para lhe pedir perdão. Violetta está muito doente e tem apenas algumas horas de vida. Durante este período, ambos recordam o seu amor e o tempo maravilhoso que passaram juntos.
La Traviata é uma ópera de Giuseppe Verdi. O texto é de Francesco Maria Piave e baseia-se no romance de Alexandre Dumas (filho) “A Dama das Camélias”. Foi apresentada pela primeira vez no teatro La Fenice, em Veneza, em 1853.
Com La Traviata, Verdi alcançou um estilo maduro, com maior profundidade na descrição das personagens, maior solidez nas construções dramáticas, e uma orquestra mais importante e completa.
Está dividida em três atos que respeitam a estrutura tradicional: apresentação, desenvolvimento e desenlace.
O eixo dramático da ópera está centrado na protagonista, Violetta Valery, ao contrário do romance de Alexandre Dumas, que está centrado no seu amante Alfredo Germont, e retrata-a de uma forma ainda mais idealizada, mostrando-a como um ser quase angelical.

FICHA ARTÍSTICA

Promotor

PARTILHAR: