RAPSÓDIA DE LINHAS

MARIA MELO SERENO E PATRÍCIA REIS MAGALHÃES

23 SETEMBRO A 24 OUTUBRO 2021 | INAUGURAÇÃO 23 DE SETEMBRO 18H00

SALA ESTÚDIO

CE: TODOS OS PÚBLICOS

PREÇÁRIO:
Entrada Livre







RAPSÓDIA DE LINHAS

SINOPSE

Olhámo-nos e sorrimos!
O sorriso aproximou-nos e o desejo de partilha foi espontâneo.
Tão espontâneo que não mais acabámos de falar.
Vinte anos nos separam. Não tem peso para ela nem para mim.
Falámos de desenho, tintas, papéis, água e paisagens.
Como vivemos, do que vivemos e o que amamos.
Desta profusão de palavras em cascata nasceu um projeto.
Ei-lo.

BIOGRAFIA

Maria Antónia Martins de Melo Sereno

Ocupou parte da sua vida na área de trabalho técnico.
Em 2004, matriculou-se na Sociedade de Belas Artes em Lisboa, na disciplina de Desenho.
De forma autodidacta, sem regras prévias, dando liberdade ao pensamento, faz uma procura de materiais e cor desenvolvendo a sua criatividade.
Inscreveu-se na Escola de Arte St. Lucas Academie, em Gent, na Bélgica, e também frequentou a Academia Superior de Belas Artes como estudante livre na categoria de Pós-graduação.
Em 2009 inscreveu-se no programa “A ARTE DESCOBRE A CRIANÇA” sob a direção do mestre Eurico Gonçalves, que concluíu com entusiasmo.
A atenção dada aos seus trabalhos por professores e amigos levam-na a expor em Portugal, Bélgica e Holanda.
Desenha e pinta diariamente utilizando as técnicas aprendidas e as que vai descobrindo ao longo da sua dedicação por amor à arte.

Patrícia Magalhães (Luanda, Angola, 1966)

Vive e trabalha em Lisboa.
Estudou desenho e pintura na Escola Superior de Belas Artes de Lisboa e no ArCo – Centro de Arte & Comunicação Visual, também em Lisboa.
Considera-se uma artista visual multidisciplinar, tendo um corpo de trabalho centrado maioritariamente no desenho onde é visível a contaminação com outras áreas, como a pintura, gravura, escultura ou fotografia, bem como pela diversidade de meios e escalas que determina para cada trabalho.
Expõe com regularidade desde 2019.

PARTILHAR: